Acreditar.

Há uma necessidade, mesmo que inconsciente, das pessoas acreditarem nelas mesmas. Talvez, por assim acreditar que podem acreditar nos outros, segurança. Mas se acredita em ti, por que diabos queres acreditar em algo/alguém mais? Trata-se de, se não quisesse acreditar em outros, não buscaria a ti. Primeiramente. Você estará de forma cíclica tentando libertar-se de coisas estrangeiras em seu próprio e desabitado, corpo. Não menciona uma invasão, mas não abre mão de influências. Você quer o controle, apenas poderá tê-lo se houver uma forma de manifestar. Deve permitir a entrada e, assim, avaliar-se. Você mesmo colocara-se em teste enquanto lamentava um julgamento. É você quem não acredita em ti, sendo você mesmo que qualificara isso. Não há pessoas lá fora. Não há você, em si.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s