Rotação.

Há quem diga que é assim que o planeta está. Eu não questiono, definitivamente as coisas giram ao meu redor. Sou eu quem continua onde está, não como o Sol com uma própria órbita e planetas que tenham algo mais de casca e poeira dentro.

Apenas como uma peça mal encaixada, uma sobra não desejada que fora colocada ali e esquecida de se arranjar. Como as peças deixadas enquanto se monta um quebra-cabeça até estar montado e descobrir que a peça não pertence aquele e a nenhum outro, está com defeito.

Ela continua sendo deixada. Está de fora. Estão em um ovo e quem o segura é quem está de fora, com mãos ávidas para segurá-lo, manipular algo ou alguém. Contudo, não é o caso. Apenas o que consegue é deixar cair, fazer com que o ovo se choque ao chão, partindo sua casca em dezenas de milhares pedaços, esmagando sua gosma amarela e escorrendo como o sangue de uma ferida, em suas mãos.

Contudo, o ovo não vai reconstituir-se. Se você mistura purê de batatas com molho, ele não vai se separar outra vez. A fumaça não vai voltar  ao cigarro e você não vai voltar a ser o que era antes, por mais que odeie como está agora. E não há nada que possa fazer para mudar isso. E por mais que você mude, as coisas só vão voltar a ser como eram para acabarem como estão agora. Não vão mudar, afinal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s