(des)Acompanhada.

É difícil de acreditar. Mesmo quando os fatos estão próximos o bastante para te estrangularem. Eles avançam em você, com suas garras, numa velocidade vertiginosa. Por maior que seja o tempo, você ainda não tem fôlego. Não o bastante. Não para continuar, para absorver as verdades com seu estômago na sua garganta. Eu realmente não sei como. Eu não sei onde estou.

Ainda é como se estivesse afundando, e não há nada nem ninguém por perto. As vinte ou mais pessoas que estão agora mesmo ao meu redor… O barulho que fazem, não abafam os gritos que meus olhos projetam como uma supernova na vastidão do céu ainda mais negro que imagina. Não há ruídos ou luzes. Nada que faça existir a possibilidade de algo ser mudado.

A escuridão se extende sob mim, a imensidão de um oceano profundo demais para que se considere o fim, a água gélida preenche meus pulmões. E eu estou cansada. Cansada demais para continuar. Mas eu ainda estou afundando. Engolfada pela náusea. Pelas centenas de vestígios remanescentes num lugar não mais habitado. Com um souvenir aqui e acolá, os quais me recuso a trancar.

Eles estão na superfície, e eu estou soterrada. Soterrada num cenário de cinema catástrofe, onde há muito me perdi, as coisas desmontaram e desabaram. Todos parecem assistir. Cada escombro que me impede de emergir. Eles assistem o sangue escorrer quando meu ultimo suspiro se esvaiu, inaudível.

Eu estou sozinha, sempre estive. E não é como se isso fosse mudar. Mas está frio demais para estar tão escuro ou, quem sabe, escuro demais para estar tão frio. Um dos dois está fora de lugar. E, como sombra, ambos me acompanham.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s