“Pause”!

As coisas são diferentes agora. Continuam as mesmas, porém com um peso diferente, o sabor mais amargo. Ainda assim, nada demais. Parece ser apenas a sensação, o fato desse vento ser o último a soprar meus cabelos. Eu só quero o silêncio. A quietude. O nada. Chega dessa solidão que me impregna. Essa depressão cada vez mais funda que me suga. É frustrante. A dor parece tão absurda que é incrível o fato de o mundo inteiro nao parar e gritar junto, pois chega a parecer que os livrei de suas dores. No entanto, sinto que sofro mais que todos eles juntos.
Eu só cansei. Cansei. Cansei.

Eu nao nasci para estar vivo, apenas para morrer. Ponto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s