De mentirinha.

Tento escrever, para quê? Nunca sequer teve a quem, também. A realidade (olha que barato, eu sigo com expressões como “a real, na verdade” sem sequer saber me ordenar de acordo com o que está sendo dito “de fato”) só está cada vez mais fugidia. Eles não entendem a gelatina onipresente me cercando, como se eu morasse numa bolha propriamente dita. Eles sentem raiva de mim, talvez amedrontados, achando que há a quem pedir socorro e que sou eu a culpada por não aceitá-lo, sem darem-se conta de como os esforços (meu e deles) são vãos.
As vozes, já há anos, não se assossegaram, a minha turbulência me sacode inteira, ainda; sendo feroz o modo que me trata, o sacolejar dessas paranoias me tiram cada vez mais dos trilhos nunca alcançados de fato. Por certo, há os esperançosos que dizem ser fase, mas que raio de fase é essa que uma pessoa se encontra há tanto tempo que não a deixa acreditar estar viva de fato e ridiculamente crente de não estar no mundo, açoitada pelas consequências decorrentes de sua morbidez incurável. Eu já nem sei se sei me expressar. As coisas por mim já são feitas e ditas sem que eu saiba delas, até mesmo com comida: como se não estivesse comendo, e como sem pausas.
Eu percebo que… Não sei das minhas percepções, as que sei devem estar equivocadas.
Não consigo continuar, é por isso que deixei aqui acumular pó.
Pensa num saco, agora imagina ele cheio: o meu. Não vejo sentido nos sorrisos amarelos, na educação requerida… Etc.

Quando é que esse véu que se faz de céu vai cair de vez? E as construções holográficas vão, enfim, ruir? Os fantoches humanos, quando é que vão deixar o palco do planeta?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s