Arquivo da tag: Brazil

Iniciativa

Não vamos sair atirando pedra para todos os lados, mas já não tem como ficar se ausentando do que está ali na esquina só porque o problema maior sempre vai ser o que está na sua porta, além do mais: os ausentes nunca têm razão. E você pode se enganar ao pensar ser politizado e continuar um idiota absorto na sua mente fechada.
Acho que enquanto o questionamento maior for “e os resultados?” e não alterarem os reagentes, é comprovado que o produto será o mesmo. Então se mudou a atitude, mantenhamos a mudança até alcançarmos o que queremos – cruzar o braço enquanto alguns colocam a cara a tapa pra sua bundinha ficar no sofá falando demais sem ter nada a dizer não te engrandece. Mas também, vir jogar papo de capitalismo/comunismo/ditadura/terceira guerra mundial e isso-e-aquilo já é pegar pesado, assim como você dizer que quem assiste novela é alienado é generalizar e não faz de ti um ativista revolucionário.
Contudo, a globo com grandes emissoras têm o Governo por trás, sendo manipulação de baciada e enquanto mostram a mesma ação de vandalismo de um grupinho num loop infinito, as centenas de milhares pacíficos ficam com uma fama que não é deles e perdem o seu brilho advindo de uma luta esforçosa por JUSTIÇA (o que não é nenhuma tolice).
Há manifestantes que lutam por direitos, o que é novidade (sei que houveram movimentos anteriores, mas o futuro já não é mais como era antigamente) e tem significados maiores que a cabecinha de alguns consegue enxergar – porque seus olhos só veem o que está ali na caixa de cores e movimento – mas também há o VANDALISMO com oportunistas – e isso sempre houve, vocês assistem reportagem de assalto com briga até de gente sendo morta por uma pizza, galera.
Olha só: Na passeata do RJ desligaram as câmeras de segurança e buscavam tirar as câmeras de quem estava ali… Liberdade?
Ano passado um indiozinho foi queimado vivo no nordeste por conflitos por posse de terra entre fazendeiros, mas vocês não viram circulação, não é? Perguntem ao Sarney.
Relatos de segunda-feira, 15 km percorridos, 5 horas no manifesto, NENHUM ato de vandalismo e/ou violência (dúvida? a Aline Santana também pode comprovar e também é contra os partidários no movimento).
Professor, que antes tinha três carros de luxo e hoje está com um só no valor que não chega a 5 mil, enfrenta doença com o custo mínimo do tratamento de 10 mil reais, não consegue ser atendido graças à saúde pela qual pagamos e não temos e já não consegue mais fazer um percurso de menos de 2 horas sem parar 6 vezes numa caranga porque condução pública seria uma viagem arriscada, já que não há qualidade de transporte por aqui (se duvida é só dar um pulo na estação da Sé) – e esse tem nível superior, pós… Mas é humilhado assim mesmo. E qualquer outro também.
Apelo: O sonho de qualquer governo é o povo contra o povo. Quem for da baderna, tenta não fundamentar um protesto, nesse outro protesto… Faz passeata, tem vandalismo, ter de fazer outra passeata contra vandalismo: melhor não, né?
Dica: Usem a língua sem ser só pro que estão acostumados – e saiam dessa zona de conforto miserável -, ela pode ser a-arma sim. (Professor tem medo de língua, filho tem medo de língua, e políticos também têm…)

Anúncios