Arquivo da tag: o medo

Rendição.

Confiante, deixou que os acompanhantes entrassem e aderiu as consequencias. A mesa fora colocada, minuciosamente preparada para dois. Os pratos principais a surpreenderiam, ela sabia disso, pois, tratando-se de quem se tratava o responsável pelo que seria servido, sabia que por mais que ela esperasse algo, ela só degustaria outra dose de suas apostas falhas. Investiu na espera, buscou direcionar sua mente a caminhos menos torturantes do que o medo pelo incerto, o receio do desconhecido e a familiar lógica do passado, que a assombrava por episódios subsequentes.

A entrada principal fora acolhedora, assim como o restante. O que ela ainda não entendia, era em que momento ingeriu o que não apenas arrasaria seu estômago, mas também a consumiria do interior ao exterior – da ponta de seus dedos a sola de seus pés. Contudo, estava ali. Definitivamente. Intoxicada, suas veias vibravam com a toxina, agradecidas pela vitalidade fornecida. Sua pele reluzia o que transbordava de sua alma, que enfim achara o encaixe a outra. Seus gestos se inclinavam ao que ansiava. Sobretudo, cada fibra de seu ser indicava os resquícios de algo pelo qual ela era, física e psicologicamente, incapaz de resistir a outras – mais generosas e frequentes -, porções. Como um vício, admito.